14 de out de 2014

Do Portal no Ar: “OPERAÇÃO SANGRIA: Ministério Público e polícia cumprem mandados em Mossoró, Caraúbas, Campo Grande e Apodi.”

O Ministério Público do Rio Grande do Norte realiza a Operação Sangria nesta terça-feira (14), nas cidades de Caraúbas, Campo Grande, Mossoró e Apodi. Estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão, além de prisão em Caraúbas e outras cidades.

A operação é destinada a desarticular associação de pessoas formada por agentes públicos, servidores públicos e empresários cujo escopo era fraudar procedimentos licitatórios e/ou a execução contratual no município de Caraúbas, no período de 2008 a 2013.


Os contratos celebrados com as fraudes investigadas somam a quantia de R$ 11.710.672,30, que se configuram em grande prejuízo aos cofres públicos do município de Caraúbas, uma vez que se trata de licitações direcionadas a empresas vinculadas a alguns gestores, prejudicando a disputa por menor preço; execuções contratuais realizadas de modo a beneficiar particulares em detrimento do interesse público e desvio de dinheiro realizado através do pagamento por mercadorias efetivamente não entregues pelos contratados.

Mais de 40 Promotores de Justiça participam da operação. Cerca de 130 policiais militares apoiam os promotores de justiça no cumprimento dos mandados de buscas e apreensões e prisões temporárias.

Foram expedidos pelo juízo da Comarca de Caraúbas 41 mandados de busca e apreensões e 12 mandados de prisões temporárias, os quais estão sendo cumpridos nas cidades de Caraúbas, Mossoró, Campo Grande e Apodi.

As investigações abrangem as áreas de construção civil, locação de veículos, fornecimento de combustíveis, fornecimento de merenda escolar e material de expediente, de limpeza, contratação de serviços clínicos (serviços ambulatoriais) e serviços gráficos.

As investigações tiveram a participação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), dos Centros de Apoio às Promotorias do Patrimônio Público e de Defesa da Saúde e do Grupo de Atuação Regional de Defesa do patrimônio Público (GARPP).

9 de out de 2014

Após derrota de Henrique Alves, prefeito começa a perseguir funcionários

O prefeito do município de Felipe Guerra/RN, Haroldo Ferreira, começou a perseguir os funcionários públicos do município que não votaram em seus candidatos. Sem nenhum respeito à democracia, o mesmo vem adotando praticas antidemocráticas que foram abolidas pela democracia e a liberdade de expressão.

Haroldo Ferreira vem botando em prática o seu estilo de ditador, arrogante e prepotente, após a derrota de seu candidato a governo Henrique Alves naquele município, vários funcionários foram remanejados de suas funções de origem para outras que não condizem com seus cargos e/ou funções. Exemplo dessa situação é o servidor Delânio Sandro do Nascimento que trabalhava na Secretária de Infraestrutura, e foi transferido para trabalhar no Matadouro público.


Agora o alvo é a servidora Mirilene Pereira da Silva Costa, que vem sendo perseguida também por esse ditador. Alguma dúvida procurem saber dela, pós ela tem todo prazer de mostrar quem é, e o que ele vem fazendo com ela e com o povo de Felipe Guerra/RN.

4 de set de 2014

Doação de imóvel (terreno) a entidade civil por parte do Governo Construindo e Inovando, se encontra envolto de ministério.



No dia 14 de Julho de 2014, a Administração Construindo e Inovando, através do Prefeito Haroldo Ferreira, enviou oficio n° 075/2014 – GP a Câmara Municipal encaminhando Projeto de Lei n° 018/2014, solicitando autorização ao Poder Legislativo Municipal de Felipe Guerra/RN para doar imóvel de propriedade do município à entidade civil.

No citado ofício o senhor prefeito solicitou que o referido projeto tramitasse em regime de urgência urgentíssima, alegando a urgência que o caso requer. Porem o que causou surpresa a alguns vereadores foi que o Presidente da Câmara Municipal, convocou uma sessão extraordinária para o mesmo dia, e o citado projeto foi aprovado pela bancada de situação.

Naquela oportunidade os vereadores Janio Barra e Genilson Nogueira, se abstiveram de votar alegando que seria necessário discutir melhor o mencionado projeto, e ainda pelo fato de não estar sendo respeitado o Regimento Interno daquela Casa Legislativa, em relação aos prazos Regimentais.

Diante da pressa com que foi aprovado e sancionado o projeto, que, diga-se de passagem, no mesmo dia, o vereador Janio Barra, buscou mais informações da entidade civil privada, denominada de Movimento de Lutas nos Bairros Vilas e Favelas, através do único dado informado no Projeto de Lei n° 018/2014, no caso o CNPJ n° 07.058.129/0001-08.

Pesquisando o citado CNPJ, o mesmo descobriu o suposto endereço da mencionada entidade civil, qual seja: Rua Nossa Senhora da Gloria, n° 203, Bairro Campo Grande, Recife/PE, CEP: 52.031-050.

Acontece que o vereador ficou mais ainda com sua curiosidade aguçada e contratou uma pessoa para verificar in loco, se realmente essa entidade funcionava no endereço acima citado.


Caros leitores, para surpresa de todos nós, o vereador descobriu que no mencionado endereço funciona a mais de 07 (sete) anos, um Buffet denominado de Karine Montalvão, conforme se pode observar na foto que segue abaixo. Vejamos:




De posse de alguns números de telefones, o vereador ligou para o Buffet, e foi informado que o mesmo funcionava a mais de 07 (sete) anos, e que antes morava um casal de senhores de idade.

No dia de hoje (04/09/2014), o Vereador Janio Barra denunciou na Câmara Municipal, toda essa situação. Agora cabe ao senhor Presidente apurar, ou do contrário ser feita uma representação junto ao Ministério Público Estadual ou na Procuradoria Geral de Justiça de nosso Estado.

Enfim, não poderia tal doação ter sido feita, pois segundo o Princípio Constitucional da Inalienabilidade os bens públicos não estão sujeitos à alienação, isto é, não podem ser transferidos do domínio público para o domínio privado.

31 de ago de 2014

O silêncio da democracia em face da ditadura silenciosa.

A liberdade de expressão, o direito de escolha e muitos outros direitos foram conquistas da sociedade como um todo. Porém, ao longo desses anos o que se percebe é que essas conquistas vêm sendo tiradas por políticos que chegam ao poder em nome dessa liberdade e logo em seguida passam a ditar as regras a serem seguidas.

Estamos vivenciando um ano de eleições para: Presidente, Governo, Senado, Deputado Federal e Estadual.

Na verdade, o bom é que a maioria dos eleitores vote de livre e espontânea vontade, onde não haja a ingerência na sua liberdade de escolha, ou seja, que ele vote naquele que tenha as melhores propostas e acima de tudo seja um homem público digno de ser votado.

Todavia, em nível de Rio Grande do Norte, o que se ver é um acordão feito pelos grupos políticos tradicionais, onde o candidato ao governo senhor Henrique Alves, ousou unir todas as facções políticas tendo como objetivo ser candidato único, deixando o eleitor sem direito de escolha.

Diante desse contexto, surgiu o senhor Robson Faria e a senhora Fátima Bezerra, vice-governador e Deputada Federal, respectivamente, e começaram a andar por todo o RN, ungidos pelo desejo de liberdade de escolha e começaram a discutir com a sociedade através de encontros regionais onde tinha como objetivo debater os desafios e potencialidades de cada região e construir um projeto político-administrivo para o rio Grande do Norte.

Após percorrerem todo o estado do RN, discutindo com os norte-rio-grandenses as potencialidades de cada região, onde todos os setores da sociedade organizada discutiram de forma aberta e igualitária as suas potencialidades e desafios, as dificuldades e soluções, é que foi possível se ter um diagnostico completo.

Convictos de que é possível construir um projeto político-administrativo, respaldados pelo sentimento de mudança e de que é possível construir um RN mais justo e igualitário, os mesmos colocaram seus nomes a disposição dos norte-rio-grandenses como candidatos a governador e senador respectivamente.

Pois bem, não acredito que o povo norte-rio-grandense se curve diante do acordão feito nos gabinetes em Brasília/DF, onde se tem como objetivo somente o desejo do Deputado Federal Henrique Alves de ser governador do RN.

Continuo a acreditar que os eleitores indecisos e até mesmos aqueles que se deixaram levar pela grandiosidade do poderio econômico e financeiro do candidato a governador Henrique Alves pela coligação união pela mudança, irão fazer uma reflexão e vão perceber que o melhor para o Rio Grande do Norte é aquele projeto político- administrativas onde todas as regiões através da sociedade organizada como um todo discutiram suas potencialidades e os desafios para colocar o RN, no rumo do desenvolvimento.

Enfim, analisem o seguinte: a candidatura a governo de Robson Faria e ao senado de Fátima Bezerra foi discutida por vocês, enquanto que a de Henrique Alves e Vilma de Faria é fruto de um acordão.

Pensem bem nisso, 04 (anos) perdidos é muita coisa, não podemos mais errar.

Viva a democracia.

28 de ago de 2014


Agricultores do município de Felipe Guerra/RN, podem ficar sem receber o Seguro Garantia Safra.






Os agricultores do município de Felipe Guerra/RN, podem ficar sem o Seguro Garantia Safra, é que a Prefeitura Municipal de Felipe Guerra/RN, não recolheu a contrapartida que lhe é devida.

Ao todo são 195 agricultores prejudicados, em face de falta de responsabilidade do gestor público, o senhor Prefeito Haroldo Ferreira, para com os trabalhadores rurais.

A contrapartida dos agricultores é de R$ 2.486, 25 (dois mil quatrocentos e oitenta e seis reais e vinte e cinco centavos), que, diga-se de passagem, já foi paga pelos mesmos.

Já a contrapartida do município é de R$ 7.458,75 (sete mil quatrocentos e cinquenta e oito reais e setenta e cinco centavos), sendo que citado valor foi dividido em 06 parcelas de R$ 1.243,13 (um mil duzentos e quarenta e três reais e treze centavos), a primeira com vencimento para 23/03/2014 e a ultima com vencimento em 23/08/2014.

Acontece que a tão badalada administração construindo e inovando, que busca a todo custo subestimar a inteligência do povo felipense, vem de forma mentirosa e vergonhosa repassando através dos meios de comunicação que a maquina administrativa é atuante em todos os setores.

O vereador Jânio Barra, em Sessão Ordinária no dia de hoje (28/08/2014), fez pronunciamento em favor desses agricultores, e cobrou do senhor prefeito Haroldo Ferreira, um posicionamento em relação à contrapartida do município, muito embora o prazo para pagamento já tenha se exaurido.

O que é mais lamentável, é que um vereador da bancada de situação saiu em defesa do senhor prefeito. Eleitor você precisa exercer sua cidadania, indo ao Poder Legislativo assistir as sessões, para em um futuro bem próximo banir certos políticos que só defendem os seus interesses.

A administração construindo e inovando, como diz o jornalista Boris Casoy: é uma vergonha.

12 de ago de 2014

Município de Felipe Guerra/RN, poderá ter novas eleições.



O Ministério Público Federal via Procuradoria Geral Eleitoral através do parecer n.º 4.753/2014 – EJGA/APMS/EC, opinou pelo desprovimento do Recurso Eleitoral Especial Processo: 2320 (0000023-20.2013.620.0035) interposto por Haroldo Ferreira de Morais, com a consequente manutenção do r. acórdão proferido pelo TER-RN, que reconheceu a ocorrência de abuso de poder econômico, mediante a prática de captação ilícita de sufrágio em larga escala, determinando a cassação dos diplomas dos Recorrentes.


Saliente-se ainda que o mencionado parecer já foi devolvido ao órgão de origem desde de 05 de Agosto do ano em curso, e recebido no dia 07/08/2014, se encontrando atualmente localizado no Gabinete do Ministro Henrique Neves da Silva, que a qualquer momento, através de uma decisão monocrática, manter o r. acórdão proferido pelo TER-RN, confirmando a cassação do prefeito Haroldo Ferreira de Morais, bem como determinar o seu afastamento definitivo e ainda marcar eleição suplementar para o município de Felipe Guerra/RN.

7 de ago de 2014

41
Publicado por Robson Pires na categoria

“Nossa prioridade é ouvir o povo, onde ele estiver”, afirma Robinson na Caravana da Liberdade

IMG_4728
A Caravana da Liberdade encerrou o terceiro dia de atividades em Apodi com festa nas ruas. Ao lado do prefeito Flaviano Monteiro (PCdoB), do vice José Maria (PSD), dos ex-prefeitos Simão Nogueira, Evandro Marinho e de quatro vereadores, Robinson percorreu as ruas e conversou com populares. Durante todo o dia, a Caravana da Liberdade percorreu os municípios de Caraúbas, Olho D’água dos Borges, Umarizal, Martins, Serrinha dos Pintos, Portalegre, Viçosa e Riacho da Cruz.
Em Riacho da Cruz, Robinson lembrou a importância de cada município do RN, independente do tamanho e eleitorado. “Faço questão de vir a Riacho da Cruz conversar com a população, falar das nossas propostas e dizer que não nos rendemos. A minha campanha é pé no chão, nas ruas, nas praças. Nossa prioridade é ouvir o povo, onde ele estiver. Vamos caminhar sempre assim, ao lado do povo que não tem medo, que não se entrega”, apontou Robinson.
IMG_4510
A bandeira da resistência foi entregue em Riacho da Cruz a dona de casa, Socorro Rego que disse acreditar no projeto pelo Rio Grande do Norte. “Ele é um homem de coragem. Rompeu com o governo no primeiro ano e nunca desistiu de nós”, afirmou.
Mais cedo, em Serrinha dos Pintos Robinson percorreu as ruas ao lado da prefeita Rosânia Teixeira e do ex-prefeito Chiquinho de Ana. A bandeira da resistência foi entregue a professora Maria de Padre que aposta em uma grande administração estadual com Robinson.”Ele sim é a verdadeira mudança e confio que ele será um ótimo governador”, descreve.
Na quinta-feira (7), a Caravana da Liberdade chega aos municípios de Severiano Melo, Rodolfo Fernandes, Itaú, São Francisco do Oeste, Pau dos Ferros, Encanto, Doutor Severiano, com participação do deputado federal Fábio Faria (PSD), do candidato a vice-governador Fábio Dantas (PCdoB) e da candidata ao Senado, Fátima Bezerra (PT).

Publicado por Robson Pires na categoriaPolítica Fábio Faria e ‘Caravana da Liberdade’ são recebidos com festa em Apodi


A “Caravana da Liberdade” terminou seu terceiro dia na estrada, nesta quarta-feira (06), chegando ao município de Apodi por volta das 21h. A Coligação dos “Liderados pelo Povo” foi recebida com muito carinho pelos moradores. Acompanhado de Robinson Faria (PSD), candidato ao Governo do RN, Fábio Faria (PSD) caminhou junto aos moradores nas ruas, nas praças e por todos os lugares da cidade, onde o deputado possui importantes vitórias. O Campus da UERN em Apodi, que é cota de Fábio Faria nas emendas de bancada, é a principal vitória do deputado para o município.

A primeira parcela da emenda do deputado federal Fabio Faria para a construção do campus da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte UERN na cidade de Apodi foi paga pelo Ministério da Educação no mês de julho deste ano e o terreno foi doado pela Prefeitura de Apodi. “Fico muito feliz de retornar à Apodi e sentir esse carinho, essa manifestação popular muito espontânea e verdadeira. Nosso trabalho em todo o RN procura ser atencioso com cidades-pólo e com Apodi não é diferente. Aqui, trouxemos recursos que vão desde às unidades de saúde até o Campus da UERN, certamente nossa maior vitória para o povo e para a juventude daqui. Apodi hoje pode pensar de um jeito diferente no futuro, porque uma Universidade tem esse poder transformador”, disse Fábio.

5 de ago de 2014

Aprovação de projeto de reeleição é visto pela população como um retrocesso na politica.


O processo Democrático no município de Felipe Guerra/RN, poderá sofrer um duro golpe, é que a qualquer momento será votado Projeto de Lei de autoria do vereador Otoniel Maia, que traz em seu bojo a Reeleição do atual presidente daquela Casa Legislativa.

Segundo se comenta na cidade, que o prefeito Haroldo Ferreira, tem interesse nesse projeto, pois confia somente no vereador Salomão Gomes, ou seja, para ele os outros vereadores da bancada de situação não passam de meros coadjuvantes no tabuleiro da politica felipense.

Comenta-se ainda que o todo poderoso prefeito, irá pressionar todos os vereadores da situação para que aprovem o citado Projeto de Lei, e que não admite qualquer posicionamento contrário.


Na verdade o que se pode observar é que esse aprendiz de ditador, busca a todo custo ofuscar o brilho da democracia, procurando ocupar todos os espaços, inclusive no Poder Legislativo, que deveria ser independente, livre e soberano.

1 de ago de 2014

Agenda do candidato ao Governo do RN, Robinson Faria


O candidato do PSD, Robinson Faria, a partir das 8h, visita a feira do município de Bom Jesus. As 11h atende lideranças políticas da região Potengi.  Ao meio dia, visita o município de São Paulo do Potengi e concede entrevista a Rádio Potengi AM. Pela tarde, as 16h, participa da procissão de Santana do Matos. À noite, às 19h, visita o município de Campo Grande.

Em Ceará-mirim, Robinson recebe apoio de lideranças políticas de 10 municípios


caminhada política de Robinson nas eleições deste ano recebeu apoio de lideranças de 10 municípios da região metropolitana e do Mato Grande. Acompanhado do ex-candidato a prefeito de Ceará-Mirim, Júlio César (PSD), Robinson esteve reunido com lideranças políticas de dez municípios numa grande reunião na noite desta terça-feira (29). No evento, o candidato ao Governo apresentou suas propostas e mais uma vez ressaltou ser preciso muita coragem e determinação para enfrentar o chamado “acordão” montado no palanque adversário.
“Disseram que eu não teria coragem e aqui estou eu hoje, feliz, candidato ao Governo. Quero dizer aos que pensaram que eu não teria coragem, que a coragem já nasce conosco, ninguém compra coragem. Então eu não desisto. Quero aqui fazer uma convocação a todos para que se multipliquem. Vamos mudar, mas essa mudança depende da força de cada um de vocês”, afirmou Robinson.
Estiveram presentes o deputado estadual José Dias (PSD), prefeitos de Touros, Ney Leite (PSD), de Taipu, Louvado (PSD), de São Bento do Norte, Cláudio (PSD), ex-prefeitos de Caiçara do Norte, Amarildo, de João Câmara, Gorete Leite, de Jandaíra, Silvano, ex-candidato a prefeito de São Miguel do Gostoso, Renato de Doquinha (PSD), além de vereadores e suplentes de São José de Mipibu e Extremoz.

Prefeito e lideranças de Jandaíra declaram apoio a Robinson‏


Lideranças do município de Jandaíra, região do Mato Grande declararam nesta quinta-feira (31) apoio ao projeto de Robinson Faria (PSD) para o Rio Grande do Norte.
Liderados pelo prefeito do PR, Beto Roque, o grupo é representado ainda pelos vereadores Arinaldo Tavares (PR), Wellington (PR), Wdagno Sandro (PSB), Tiago Aguiar (DEM), o presidente municipal do PSD, João Costa e as lideranças Isaías Fernandes, Ubirajara, Júnior Carioca e Valério Costa, além do ex-prefeito de Jandaíra Silvano Pinheiro (PSB) e da ex-vice-prefeita Edilza Costa.
O grupo apresentou a Robinson os desafios da região e pediu empenho ao candidato para os projetos municipais. Robinson agradeceu o apoio e disse que sua gestão será pautada na melhoria da qualidade de vida da população. “Jandaíra pode contar com Robinson. Nossa gestão será feita ouvindo a população e fazendo justiça social”, disse.
AGENDA ROBINSON

SEXTA-FEIRA, 1º DE AGOSTO
10h – Participa de evento evangélico em Parnamirim
11h - Participa de entrevista na rádio de Jucuturu
15h – Participa de caminhada no BAIRRO DAS ROCAS
20h – Posse da nova diretoria da FECOMÉRCIO
22h - Presença na comemoração dos 22 anos do Arraia do Sabugo, no bairro das Quintas.
Release enviado pela assesoria de comunicação do candidato.

23 de jul de 2014

Marcielly Martins vai pedir desfiliação do DEM.

As articulações seguem em Santana a todo vapor depois do anuncio do rompimento do principal grupo politico da comunidade com o ex-vereador Joel Canela. A jovem Marcielly Martins vai pedir a desfiliação do partido do Democrata (DEM), o partido que a jovem vai ingressar ainda não foi divulgado, mais segue as articulações. 

Repasses do mês de Junho/2014 ultrapassa a cifra de R$ 1.250.000,00 e servidores ainda não receberam seus salários.



Os repasses constitucionais para o município de Felipe Guerra/RN, no mês de Junho do ano fluente, atingiu a cifra de R$ 1.251,989,50 (um mil duzentos e cinquenta e um mil novecentos e oitenta e nove reais e cinquenta centavos).


Mesmo assim, os servidores efetivos daquele município ainda não tiveram seus salários creditados em suas contas. Isso, sem falar no pessoal que prestam serviços, ou seja, aqueles contratados de forma temporária, que se encontram sem receber a mais de 03 (três) messes, segundo informações colhidas (sic).

16 de jul de 2014

REPASSES CONSTITUCIONAIS RELATIVOS AO ICMS ULTRAPASSAM TRÊS MILHÕES E NINGUEM SABE EM QUE FOI GASTO TODO ESSE DINHEIRO

Caros leitores, mais uma vez esse blog vem mostrar para vocês o que o município de Felipe Guerra, no interior do Rio Grande do Norte, recebeu de Janeiro de 2013 a Julho de 2014, dessa vez é em relação ao ICMS (imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestações de serviços de transporte interestadual, intermunicipal e de comunicação.

Na verdade, a administração construindo e inovando através de repasses constitucionais recebeu a quantia de mais de R$ 3.000.000,00 (três milhões de reais), de ICMS até o momento.

Tantos recursos, e nada é feito no município de Felipe Guerra/RN, pois basta andar um pouco na zona urbana, e logo se ver o lixo e o mato tomando conta das ruas, animais em praças e vias públicas, a lavanderia pública com torneiras quebradas e o mato tomando de conta (o prefeito Haroldo Ferreira em promessa de campanha dizia que iria ser uma lavanderia modelo), e na zona rural o que se ver são escolas fechadas, postos de saúde quase sem funcionar, e as estradas vicinais quase 95% precisando de serem recuperadas.

Mais uma vez digo: tais recursos são para serem investidos em infraestrutura, e o que observamos é que não existe uma única obra que justifique a aplicação desses recursos que foram repassados aos cofres do município.

Mas, o que se ver no município é feijoada beneficente para angariar recursos, objetivando comprar lençóis para o hospital; maquinários doados pelo Governo Federal sem serem utilizados, dentre outras situações.

Enfim, o que se ver é uma administração completamente maquiada e camuflada, onde tentam a todo custo esconder dos órgãos de fiscalização, tais como: Ministério Público, Tribunal de Contas do Estado e da União, os desmandos praticados por essa administração que aí estar.

Mais uma vez, pergunta-se: Qual o destino dado a esses recursos? Porque não provocam o Ministério Público para fazer uma fiscalização rigorosa? Porque o Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Norte, não fiscaliza? Porque a Câmara Municipal não é informada em que foi gasto todo esse Montante?

15 de jul de 2014

Quero aqui chamar a atenção da sociedade felipense, e principalmente do Poder Legislativo felipense, para algo que, confesso, me causou grande espanto. A Prefeitura Municipal de Felipe Guerra/RN, licitou, pasmem, o montante de  R$ 847.084,16(Oitocentos e quarenta e sete mil, oitenta e quatro reais e dezesseis centavos), para a compra de combustíveis (Gasolina e diesel) e lubrificantes, através de um PREGÃO PRESENCIAL completamente obscuro.

Conforme publicação da Assessoria de comunicação do Governo "Construindo e inovando", no Blog da prefeitura Municipal de Felipe Guerra, a empresa vencedora foi o AUTO POSTO AMORIM LTDA ME – CNPJ: 09.501.742/0001-75. 

Confira a publicação na integra:

AVISO DE RESULTADO DE LICITAÇÃO - PREGÃO PRESENCIAL – REGISTRO DE PREÇO n°. 013/2014.
Prefeitura Municipal de Felipe Guerra RN, através do Pregoeiro Oficial, torna público o RESULTADO do PREGÃO PRESENCIAL 013/2014, cujo objeto é: Registro de Preço, para fornecimento de combustíveis(Gasolina e diesel) e lubrificantes , destinados à frota de veículos pertencentes à Prefeitura Municipal de Felipe Guerra e os sob a sua responsabilidade, de acordo com os quantitativos e especificações constantes no Anexo I (Termo de Referencia), onde se sagrou vencedora a(s) empresa(s): AUTO POSTO AMORIM LTDA ME – CNPJ: 09.501.742/0001-75, vencedora dos itens de nº 01 à 05, totalizando R$ 847.084,16 (Oitocentos e quarenta e sete mil, oitenta e quatro reais e dezesseis centavos), conforme Ata de Julgamento de Registro de Preço anexa aos autos do processo. Felipe Guerra/RN, 14 de julho de 2014.

RICARDO MENEZES DA SILVA – Pregoeiro.

Nota do Blog: 

Cidadãos e cidadãs de sã consciência, da minha amada Felipe Guerra, como nos calarmos diante de tamanho absurdo? Como aceitarmos que, pessoas eleitas com o nosso voto de confiança, pagas com o nosso dinheiro, tenham a ousadia de desafiar a Justiça, a nossa capacidade intelectual, licitando de forma completamente obscura, pior, em um Pregão Presencial, gastos na ordem de quase R$ 1 milhão de reais, numa cidade de quociente 06, na compra de combustíveis (Gasolina e diesel) e lubrificantes, para uma pequena frota de veículos? E mais, como se deu essa licitação? Quais as Empresas concorrentes? Quanto tempo terá de duração? Afinal, como se fundamenta uma ação deste tipo?

Para se ter uma noção mais clara do evidente, o montante acima declarado, se licitado para 1 ano de contrato, equivale a um gasto de mais de R$ 2.320,00 ao dia, incluindo sábados, domingos e feriados. 

Definitivamente, se a Câmara Municipal de Felipe Guerra, especialmente a bancada de Oposição, não acionar o Ministério Público, imediatamente, não nos restará outra conclusão, se não, a de que são todos coniventes. 

A situação que expomos nesta matéria, é no mínimo lamentável. Trata-se de ambulâncias destinadas, há alguns anos, pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte, para alguns Centros Sociais do município de Felipe Guerra/RN, com a finalidade de servir a população, e que atualmente, se encontram sucateadas e entregues ao abandono. 
A unidade móvel de saúde, destinada ao Centro Social Comunitário Francisca Gomes Nogueira, centro este fundado pelo ex-vice-prefeito Luzimar Morais, há cerca de 10 anos, deixou de servir a população. Coincidentemente ou não, a partir do momento em que o mesmo deixou a política felipense. Atualmente, a referida ambulância se encontra completamente sucateada, abandonada dentro de uma garagem, de propriedade do mesmo, localizada na Avenida Mirasselva. Em conversa com este editor, Luzimar Morais explicou que, durante muito tempo aquela ambulância serviu a população felipense. Mas isso na época em que o mesmo exercia mandato eletivo. Quando o Centro Social, cuja denominação homenageia sua saudosa mãe, detinha condições de mantê-la em funcionamento. Ainda segundo Luzimar Morais, com sua saída da política e o fim das atividades e ações sociais realizadas no centro, aquela ambulância teve de ser retirada das ruas, por falta de condições financeiras para mantê-la servindo a população. De lá para cá, Luzimar disse desejou e ainda deseja, que a Prefeitura Municipal aceite restaurar aquela unidade móvel de saúde, para que assim esta possa voltar a servir o povo felipense. Mas infelizmente, nenhum gestor manifestou esta capacidade, até os dias atuais. 
Situação semelhante acontece com a unidade móvel de saúde, destinada ao Centro Social Comunitário Joel Canela de Oliveira. Ambulância esta que atualmente, se encontra abandonada na residência do vereador Ubiracy Pascoal. O referido centro, que tem como responsável de fato, o ex-vereador Joel Canela, é o mesmo que mantem em funcionamento, ainda que em condições precárias, há mais de duas décadas, a Rádio FM Comunitária Liberdade, que funciona na comunidade rural de Santana. Os autos e baixos na história desta ambulância, seriam cômicos, se não fossem lamentáveis. A princípio a referida ambulância , de fato serviu a população felipense. Na época em que o ex-vereador Joel Canela, ocupava mandato eletivo na cidade. Depois de sair do cenário ativo político, Joel Canela chegou à disponibilizar a ambulância para a Unidade Integrada de Saúde do município, na época do então prefeito Braz Costa (PMDB), através de um "contrato" informal, onde com isso, a ambulância serviu para fazer com que Joel Canela ganhasse uns "trocados". Após o fim o "contrato", a ambulância passou a ser vista apenas a cada quatro anos. Melhor dizendo, em épocas de campanhas eleitorais municipais, quando Joel Canela faz uso unicamente eleitoreiro da mesma. Atualmente com a ambulância parada, Joel Canela utiliza-se do argumento de que, "não tem condições" de mantê-la servindo a população. Mas esquece de um detalhe, sua filha, Joedna Canela, goza de um mandato de vereadora, pelo partido Democratas. Apesar de "atuante" quando o assunto é requerimentos e indicações, a vereadora não da a minima para ações sociais em prol dos mais carentes. 

Vamos agora a parte mais intrigante desta história lamentável. Uma terceira ambulância, que por alguns anos circulou pelo município, identificada como pertencente a Fundação Tonhô Pascoal, esta fundada pelo vereador Ubiracy Pascoal (PR), pasmem, esta ambulância simplesmente, "sumiu do mapa". Em contato com o vereador Ubiracy Pascoal, o mesmo justificou que, a referida ambulância de fato não era de propriedade da Fundação Tonhô Pascoal, mas sim "alugada". Contrariando a justificativa do vereador, são incontáveis as más línguas, as quais garantem que, à referida ambulância, teria sido vendida. Questionado sobre a suposta venda da ambulância, Ubiracy alegou que, chegou um momento em que, o mesmo se viu em grandes dificuldades financeiras, sem as mínimas condições de manter o trabalho social, na área da saúde pública, que antes era feito utilizando aquela ambulância. Mas também não confirmou se vendeu ou não. 

Um outro caso que estamos apurando, é em relação a uma outra unidade móvel de saúde, destinada a Colônia de Pescadores Z-63, do município. Esta não serve em especial aos pescadores, pois, supostamente estaria "conveniada" a Prefeitura Municipal de Felipe Guerra. Quanto a isto, dizem as más línguas, que uma suposta divida da Prefeitura para com a Colônia, já ultrapassaria os R$ 10 mil reais. O fato é que, a referida ambulância, constantemente é vista em uso na Unidade Integrada de Saúde do município, e está bastante sucateada. 
Venho aqui discorrer um pouco sobre a 4ª edição da "Feira da Agricultura Familiar", realizada pelo governo "Construindo e Inovando", no último final de semana em Felipe Guerra. Conhecedor da história da Agricultura Familiar no nosso município, considero importante a iniciativa do governo municipal. No entanto, não pude deixar de observar, a auto-promoção através do mundo de fantasias, em torno do evento, falsamente pregado pela gestão municipal. 

No blog da Prefeitura Municipal de Felipe Guerra, a Assessoria de Comunicação do atual governo, veiculou na manhã de hoje, uma nota, intitulada: "4ª Feira da Agricultura Familiar tem êxito na Economia de Felipe Guerra Contraditoriamente, ao final do texto fantasioso, o qual irei aqui discorrer ponto por ponto, a Assessoria destaca que "Cerca de quase duas dezenas de Barracas (Stands) formaram o cenário da Feira na Cidade Baixa, o que resultou numa renda de quase R$ 5 mil reais. Segundo repassou a própria,Willa Vanessa  Gurgel, técnica  integrante da equipe da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente de Felipe Guerra. Numa matemática simples, observamos que, R$ 5 mil reais (valor monetário levantado com as vendas) dividido por 20 (as duas dezenas de barracas), teremos míseros R$ 250 reais, por barraca. Ai eu pergunto: No Brasil de hoje (país da inflação e dos impostos) o que representa esta quantia, no orçamento das famílias envolvidas? Pior. O que representa R$ 5 mil reais para a economia de Felipe Guerra? Haja fantasia! 

Com a exposição e comparações dos dados acima, retirados das próprias informações fantasiosas, divulgadas pela Assessoria de Comunicação do Governo Municipal, quero aqui reiterar minha tese de que, com quase 2 (dois) anos da "gestão da mudança", a Agricultura no município de Felipe Guerra, continua praticamente, MORTA. Quase extinta das vidas dos homens do campo desta cidade. 

O que me deixa mais indignado, é a certeza de que, o atual prefeito, senhor Haroldo Ferreira de Morais, tem plena consciência dessa realidade. É a certeza de que o senhor prefeito é consciente de que, na sua gestão, a "equipe" responsável por esta área, a partir do Secretário, é redondamente incapaz. 

Tantas vezes aqui já dissemos, e o senhor prefeito é consciente disso. Que só há 1 (um) caminho para promovermos a revitalização da Agricultura  no município de Felipe Guerra. Passando por este caminho: o cooperativismo; corpo técnico, políticas públicas de incentivo; e acompanhamento eficiente, NO CAMPO, lado a lado com as famílias produtoras. 

É nojento ler alguns trechos da matéria veiculada pela Assessoria de Comunicação do governo municipal, os quais representam falas do gestor, na abertura do evento. Pura fantasia demagógica. Um desrespeito as mentes sanas desta sociedade. 

Por exemplo: “Aos poucos, mesmo com tantas adversidades que as administrações municipais de todo o Brasil vem passando, o município de Felipe Guerra, em nosso governo, tem atraído geração de oportunidades de ocupação e renda, paralelamente aos investimentos do Poder Executivo em ações, Programas e Obras, nos mais diversos setores”. Haroldo Ferreira.

Quais investimentos? Quais programas? Quais obras? Quais oportunidades? 

Outro exemplo: "Quando sentarmos agora em 2014 para planejarmos vamos ver as possibilidades da feira acontecer com uma certa periodicidade". Haroldo Ferreira.

Quando sentarem este ano? Estamos em julho e ainda não sentaram-se para discutir a Agricultura do nosso município? 

, desde o dia 12 de agosto de 2013, a Câmara Municipal de Felipe Guerra aprovou por unanimidade, o Projeto de Lei de n° 011/2013, que teoricamente, instituiu a criação do "Programa Municipal de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da Aquicultura Familiar" do município. O projeto autorizou ainda, a utilização de recursos da Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, para promover ações de apoio e incentivo a atividade da piscicultura na fase de implantação (construção de tanques), visando aumentar a produção e agregar renda às famílias rurais, mediante a projetos específicos. Até a presente data, o projeto não tem previsão para sair do papel. Aliás nem se fala mais no assunto.

Registre-se que, este fui até aqui, o único projeto da atual gestão, voltada para o homem do campo felipense.